Hélio do Soveral é autor de nada menos que cinco séries infantojuvenis, para as quais escreveu 89 livros, entre 1973 e 1984: A Turma do Posto Quatro, Os Seis, Bira e Calunga, Chereta e Missão Perigosa. Publicou mais de cem outras obras em gêneros como ficção científica, terror, suspense, bangue-bangue, policial e espionagem, roteirizou filmes, escreveu peças
e atuou por mais de 50 anos como radialista, tendo a seu crédito a primeira história seriada do rádio brasileiro (As aventuras de Lewis Durban,
pela Tupy, em 1938) e o programa de peças policiais de maior duração (Teatro de Mistério, com mais de mil episódios e quase 30 anos no ar). É ainda o criador do Inspetor Marques, do memorável agente secreto K.O. Durban e um dos escritores a dar vida à inesquecível personagem Brigitte Montfort.

Exibindo todos 2 resultados

A Fonte da Felicidade

R$ 39,90

Teria algum fundo de verdade o relato balbuciado pelo mateiro moribundo Chico Cipó, resgatado depois de dias à deriva em uma canoa nas profundezas da Amazônia, acerca de uma fantástica tribo de índios brancos armados com escudos, espadas e outras armas de estilo medieval?
Haveria ali uma prova consistente (e uma pista!) de que os antigos vikings não apenas chegaram às Américas antes de Colombo como foram caminhando cada vez mais ao sul, em suas explorações, até se fixarem em alguma parte da selva amazônica, onde sobreviveram até os dias de hoje?
Esse é o mistério que o arqueólogo Helyud Sovralsson, ao deixar o Viking Museum de Nova York em companhia do geólogo Charles Winnegan e do antropólogo Mark Spen¬cer rumo a uma expedição repleta de perigos, reviravoltas e revelações, tenta esclarecer nesta aventura onde nem to¬das as águas correm em direção à Fonte da Felicidade!

O Segredo de Ahk-Manethon

R$ 39,90 R$ 19,95

Este livro é uma edição comemorativa do centenário do criador de A Turma do Posto Quatro e Os Seis com texto originalmente publicado em capítulos na revista Mirim em 1941.

Célio encontra a mãe chorando na cozinha e logo descobre a razão: o navio Chesterton, em que sua irmã Iracema viajava, havia naufragado nos Mares do Sul. Rapidamente, o rapaz convoca os amigos Roberto, Condor, Horácio, Tião e Afonso e organiza a Cruzada da Salvação.

A operação-resgate que se segue leva a turma de crianças cariocas a uma divertidíssima aventura onde não faltam monstros marinhos, múmias, índios enfurecidos, vulcões, tesouros, lendas egípcias e, claro, o Segredo de Ahk-Manethon.